Mas afinal, o que é “Moda sem género”?

A Moda é um tipo de arte que não para de inovar e se transformar. E a sua criatividade e diversidade são tão ilimitadas que permitem que homens e mulheres dividam as mesmas peças de um guarda roupa.

Parece estranho, mas já conhece a tendência “boyfriend”, na qual a mulher constrói um look totalmente casual usando as roupas do namorado?

Essa vertente da moda ganhou força nos anos 90, quando moletons e camisetas começaram a tomar modelagens maiores tanto para homens quanto mulheres, com o objetivo de criar uma linha sem especificações de género.

O novo conceito seria de que não existem roupas feitas para homens ou para mulheres: apenas roupas.

Com a adoção do estilo por várias celebridades, ficou claro desde o começo que, apesar das sutis diferenças de seus significados, a moda unisexo ou “sem género” veio para expandir horizontes e quebrar barreiras, maioritariamente sociais, que ditam quais cores e formas são exclusivamente femininas e masculinas.

Na busca por peças mais neutras, camisas sociais, casuais e regatas masculinas se tornaram peças preferidas das mulheres, ainda que estejam dentro da ala masculina nos shoppings e lojas de departamento.

Quando grandes demais, é possível dar um nó na parte de baixo amarrando-a em volta da silhueta ou coloca-las por dentro da calça ou saia. As calças e bermudas folgadas e de cós baixo também são uma febre por dar um toque mais urbano e moderno às combinações masculinas e femininas.

Se a mulher que adotar esse visual não for muito baixinha, vale dobrar a barra da calça para deixar a roupa mais cinturada ao corpo. Também é graças ao conceito unisexo que os homens estão adotando mais acessórios do que nunca: colares, brincos, chapéus, cachecóis, bolsas, adereços e estampas fazem parte dos looks e marcam presença forte no urbanwear, a moda das ruas.

A calça skinny é uma das peças do vestuário tipicamente feminino mais procuradas pelos homens, principalmente por serem mais rentes ao corpo e não necessitarem de ajuste na costura.Outra peça imortal de qualquer guarda roupa considerada neutra são os ténis, sneakers e sandálias.

No entanto, para as mulheres que desejam sair a noite com um visual neutro, os saltos altos são recomendados para dar mais sensualidade ao look.

Novamente, a combinação fica a critério da usuário, de acordo com o que faz cada pessoa se sentir mais confortável. Sapatos leves são sempre uma boa ideia porque, além de confortáveis, combinam com tudo.Pensando nessa tendência, a C&A lançou a linha “Tudo lindo e misturado”, que está dando o que falar nas redes sociais do Brasil, apresentando apostas masculinas com um toque feminino, e vice-versa.

Apesar de as categorias ainda serem dividas entre “masculino” e “feminino”, o que importa é misturar elementos de ambos os sexos e incentivar novos ambientes de aceitação para pessoas que querem transitar livremente esses dois conceitos. A , para que você possa aproveitar por completo os lançamentos de umas das maiores redes de varejo do mundo sem se preocupar com os preços.

Misture, ouse e divirta-se!

Autor Convidado

Sou um escritor freelance e nómada digital. Dedico a minha vida a explorar as principais estratégias de marketing. Por cinco anos, tenho partilhado a minha própria experiência a alunos, por forma a ajudá-los a desenvolver novas habilidades. Como viajar é a segunda forma de reconhecer o mundo, fico imensamente feliz em deixar os leitores também felizes com dicas e inovações.

Quem somos

Este será o maior diretorio de artigos DOFOLLOW do Brasil e Portugal.

Os objectivos são simples: ajudar qualquer pessoa ou entidade a divulgar o seu negócio através da partilha de conhecimento, ferramentas, serviços e soluções. Colocando em prática uma Estratégia Digital eficiente, capaz de captar audiências.

Assim sendo, queremos não só publicar os seus conteúdos, mas sobretudo continuar a aprender em conjunto com todos os nossos leitores como colaborar para esta mudança digital, estimulando o estudo e aprendizagem das técnicas e recursos da Internet.