20 Dicas para poupar dinheiro no Gás

Não é novidade que o gás em garrafa é a opção de muitos portugueses quer seja para cozinhar como para aquecimento da habitação e da água dos duches. Sabemos que a pandemia veio abalar a economia de todos e por isso partilhamos algumas dicas para poupar gás no seu dia a dia.

1. Cozinha

Sabia que cerca de 50% do consumo de energia das casas ocorre na cozinha e na casa de banho? Nesse sentido, na cozinha o fogão e forno são os equipamentos a gás que nos permitem confecionar as refeições e, por isso têm um maior gasto energético.

Em primeiro lugar, antes de acender o fogão ou forno garanta que os ingredientes estão preparados: legumes cortados em pedaços pequenos para facilitar a confeção, refogado pronto, peixe e carne temperados. Ser eficiente na cozinha vai facilitar-lhe a vida e ajudar a poupar no gás.

pssst... um pequeno à parte...

Neste diretório de artigos vai encontrar certamente o conteúdo que procura! A nossa equipa empenha-se diáriamente para procurar conteúdo relevante e publicar neste diretório sobre todas as temáticas possíveis e a nossa única fonte de receita é através dos cliques na publicidade que vai encontrar ao longo do artigo.

Obrigado pela sua visita e compreensão, boa leitura!

Por outro lado, escolha sempre um queimador adequado ao tamanho da panela. Não é por escolher um queimador grande para um tacho pequeno que vai cozinhar mais depressa. Aliás, os queimadores de gás mais pequenos consomem até 10% menos de gás.

Ao mesmo tempo, e caso seja possível, use a tampa nos tachos para acelerar a fervura, assim aproveita melhor a energia do gás e a água ferve em menos tempo. Também a quantidade de água deve ser otimizada, com proveitos na diminuição do tempo que precisa para cozer os alimentos. Quando os seus alimentos começarem a ferver reduza a intensidade da chama, manter a chama alta não vai cozinhar mais rápido. Uma vez que os tachos e frigideiras não ficam frios assim que desliga o queimador, o calor residual terminará a cozedura.

Tem uma panela de pressão? Então, sempre que possível cozinhe neste tipo de panela. Necessita de menos gás para aquecer e cozinhar os alimentos de forma mais célere. A sua utilização permite uma poupança energética que pode chegar aos 15%.

Por último, desligue o fogão um pouco antes do tempo de confeção porque o calor acumulado fará a restante cozedura.

Do mesmo modo, na utilização do forno sugerimos boas práticas que deve adotar para reduzir o gasto de gás, nomeadamente a quantidade de vezes que abre a porta do forno. Sabia que sempre que abre a porta do forno há uma perda de 20% de energia? Por isso evite-o enquanto este está a funcionar.

Habitualmente ligamos o forno para pré aquecer e, de facto, em algumas refeições faz sentido essa ação, contudo para uma confeção com uma duração superior a uma hora não é necessário pré-aquecer o forno.

Se o seu forno tiver capacidade suficiente aproveite e cozinhe mais do que uma refeição numa única utilização. Por outro lado, aproveite o calor residual para terminar a confeção dos seus alimentos. Como resultado irá poupar tempo, energia e gás.

2. Casa de Banho

Conforme referimos no início deste artigo, a casa de banho também é uma divisão onde se despende muito consumo energético. Porém é possível tomar algumas medidas para poupar gás enquanto usa a água quente. Por exemplo, os banhos de imersão, por muito relaxantes que sejam, significam um consumo de água e gás desmedido. Ou seja, para um consumo eficiente aconselhamos um duche rápido (preferencial menos de 10 minutos) porque é mais ecológico e a sua carteira agradece.

Enquanto utiliza o champô/ gel de banho desligue a água para não ser desperdiçada e desta forma estará a otimizar os recursos de água e gás.

Por outro lado, caso o seu esquentador ou caldeira esteja programada para uma temperatura muito elevada, reduza a temperatura no próprio equipamento energético para consumir menos gás e ter uma temperatura confortável.

Dicas para poupar dinheiro em gás

Comece a colocar em prática as nossas sugestões:

  1. Cerca de 50% do consumo de energia nas casas dá-se na cozinha e na casa de banho, por isso, ligue a boca do fogão apenas quando já lá estiver a panela ou o tacho em que vai cozinhar, assegurando-se que tem todos os ingredientes e utensílios necessários para a sua confecção ao seu lado. Qualquer tempo perdido, é gás desperdiçado.
  2. Sempre que puder, cozinhe com a panela de pressão: necessita menos gás para aquecer e cozinha os alimentos muito rapidamente.
  3. Tenha o cuidado de não encher as panelas com água em excesso: vai demorar muito mais tempo a ferver, gastando, naturalmente, muito mais gás.
  4. Quando as panelas já estiverem a ferver, reduza a intensidade da chama. Uma chama enorme não vai aumentar a temperatura, nem acelerar a confecção, por isso, opte por uma chama menor e uma poupança maior.
  5. Habitue-se a cozinhar com os testos nas panelas! Vai evitar que o calor se evapore o que, por sua vez, vai diminuir o tempo de cozedura e, consequentemente, a quantidade de gás utilizada.
  6. Cozinhe sempre numa boca adequada ao tamanho da panela que está a utilizar, ou seja, não coloque uma panela pequena numa boca enorme – metade do calor será perdido através dos lados e não ganha nada com isso! Sempre que possível, escolha as bocas mais pequenas: consomem até 10% menos gás do que as bocas maiores.
  7. Para poder cozinhar de forma eficiente, certifique-se que as chamas do fogão estejam sempre uniformes e azuis. Se verificar que não o estão ou que apresentam uma cor amarela ou alaranjada, pode significar que existe uma obstrução nas passagens do ar ou até mesmo do gás. Apesar de não passar para a chama, o gás está a ser queimado e desperdiçado.
  8. Desligue a boca do fogão alguns minutos antes do previsto – o calor acumulado encarregar-se-á de terminar a confecção dos alimentos.
  9. Não deixe a água a correr desnecessariamente! Se não está a utilizá-la, feche a torneira, principalmente se for a da água quente!
  10. Desligue o esquentador ou a caldeira se não o vai utilizar durante longos períodos – por exemplo, quando sai de casa de manhã e antes de se deitar.
  11. No Verão, diminua a temperatura da água no esquentador ou caldeira.
  12. Reduza o tempo que demora a tomar um duche e evite banhos de imersão.
  13. Evite utilizar temperaturas muito altas nas máquinas de lavar loiça e de roupa – quanto mais elevadas, mais tempo e gás vão necessitar para aquecer.
  14. Escolha secar a roupa sempre ao ar livre, em detrimento da máquina de secar roupa.
  15. Se tiver uma máquina de secar roupa a gás, opte por fazer várias secagens seguidas. Assim, ao reduzir o número de vezes que aquece a máquina e faz a secagem, irá minimizar a perda de calor e reduzir o consumo de gás.
  16. Dentro de casa, é importante calafetar portas e janelas, ou ainda, optar por vidros duplos e janelas com batente. Uma casa bem isolada mantém o frio lá fora e assegura que o calor interior não escape, eliminando o uso excessivo do sistema de aquecimento.
  17. Durante a noite, mantenha todas as persianas, estores e cortinas corridas para manter o frio lá fora, abrindo-as de manhã para permitir que o calor do sol aqueça a casa.
  18. Se vai construir ou remodelar a sua casa ou adquirir uma em fase de construção, opte por paredes duplas com isolamento térmico entre as duas.
  19. Entre uma lareira aberta e um recuperador de calor, escolha o último – é três vezes mais eficiente!
  20. No que toca à escolha de aquecimento central, os sistemas mais económicos são as caldeiras a gás natural ou o ar condicionado central.
  21. Se tem por hábito deixar o aquecimento central ligado durante a noite ou mesmo durante o dia, para que quando chegue a casa já está tudo quente, opte por baixar a temperatura.
  22. A instalação de painéis solares é uma opção cada vez mais procurada. Apesar do seu avultado investimento inicial, o retorno é obtido num prazo curto-médio e, a partir daí, é só poupar!

Estas são algumas dicas que permitem poupar gás e ser mais eficiente no uso desta energia.

Por fim, a realização de manutenções periódicas dos seus equipamentos evita avarias, fugas de gás, garante consumos estáveis e prolonga a vida útil dos mesmos.

Aproveite estas dicas para poupar gás e comece hoje mesmo a colocá-las em prática! E, caso precise de renovar a sua garrafa de gás Galp, poderá encomendar por telefone, online ou numa das nossas lojas e fazemos a entrega em sua casa!

Artigos de Interesse:

Autor Convidado

Sou um escritor freelance e nómada digital. Dedico a minha vida a explorar as principais estratégias de marketing. Por cinco anos, tenho partilhado a minha própria experiência a alunos, por forma a ajudá-los a desenvolver novas habilidades. Como viajar é a segunda forma de reconhecer o mundo, fico imensamente feliz em deixar os leitores também felizes com dicas e inovações.

Quem somos

Este será o maior diretorio de artigos DOFOLLOW do Brasil e Portugal.

Os objectivos são simples: ajudar qualquer pessoa ou entidade a divulgar o seu negócio através da partilha de conhecimento, ferramentas, serviços e soluções. Colocando em prática uma Estratégia Digital eficiente, capaz de captar audiências.

Assim sendo, queremos não só publicar os seus conteúdos, mas sobretudo continuar a aprender em conjunto com todos os nossos leitores como colaborar para esta mudança digital, estimulando o estudo e aprendizagem das técnicas e recursos da Internet.