As melhores apps para enviar dinheiro

As apps para enviar dinheiro são intuitivas: só necessita de um dispositivo móvel e de uma ligação à Internet para efetivar uma transferência.

Nem todos são fãs desta modalidade mas, se faz parte da equipa que não confia na “gestão virtual” de dinheiro através da app do seu banco, nada tema. As apps para enviar dinheiro vieram para ficar e estão cada vez mais seguras e com um desempenho irrepreensível.

Há muito que não é necessário dirigir-se a um ATM para poder concretizar qualquer movimento bancário: transferências, pagamentos ou até consultas de saldo. As apps dos bancos nacionais encarregaram-se de, prontamente, facilitar a vida ao cliente, permitindo-lhe qualquer uma destas ações num dispositivo móvel minimamente “avançado”.

Apps para enviar dinheiro: 4 OPÇÕES

Mais do que simples apps que funcionam como extensões do seu banco, as apps para transferir dinheiro introduziram um novo nível de segurança. Basta associar a sua conta a uma conta Paypal (o exemplo mais famoso) para realizar as transferências que pretender. Em poucas palavras: é como se criasse uma conta da sua própria conta.

Mais simples ainda: imagine que usa uma dessas apps para transferir dinheiro. Na verdade, e na grande maioria dos casos, não precisa de ter saldo disponível nessa conta “virtual”. Como esta está ligada à sua conta “original”, basta uma pequena ligação entre ambas para a transferência acontecer.

Para somar vantagens, temos boas notícias: esta não é a única utilidade das apps para transferir dinheiro. Se dispõe apenas de um cartão de débito que, por defeito, não dispõe de um código de segurança online – imprescindível para qualquer pagamento via Internet – vê a sua vida facilitada através do uso de uma destas apps, e até já pode fazer compras pela Internet.

Nos dias de hoje, são cada vez mais as apps para transferir dinheiro, quer em território nacional, quer em internacional. Consulte, de seguida, algumas das apps que lhe permitem esses movimentos de forma fácil e segura.

PayPal

Esta talvez seja a app mais conhecida neste âmbito. De facto, tudo o que precisa é de um endereço de email, ou até mesmo um número de telemóvel, para conseguir realizar uma transferência. Hoje em dia, existem mais funcionalidades desta app que agilizam todo o processo, tornando-o mais seguro.

Venmo

Outro software de fácil acesso e que funciona segundo a mesma lógica. Apenas exige a criação de uma conta e, a partir daí, torna-se possível fazer pagamentos através da própria app ou de um email previamente configurado. Neste caso, porém, aconselha-se o uso entre pessoas que conheça pessoalmente, já que chegaram a existir problemas nos logins de alguns utilizadores.

Square Cash

Esta app serve duas finalidades diferentes, o uso empresarial e o pessoal. As transações são feitas em poucos segundos, mas implicam o pagamento de taxas. Em contexto empresarial, são cobrados 2.75% por transação e, para uso pessoal, há isenção de taxas.

Western Union

Esta app está disponível para Android e iOS e permite o envio de dinheiro para mais de 200 países, sendo Portugal um deles. Contudo, a app, independentemente de permitir o envio de dinheiro através de um dispositivo móvel, exige a deslocação a um banco Western Union para completar o procedimento.

Fonte Original: https://www.e-konomista.pt/

Autor Convidado

Sou um escritor freelance e nómada digital. Dedico a minha vida a explorar as principais estratégias de marketing. Por cinco anos, tenho partilhado a minha própria experiência a alunos, por forma a ajudá-los a desenvolver novas habilidades. Como viajar é a segunda forma de reconhecer o mundo, fico imensamente feliz em deixar os leitores também felizes com dicas e inovações.

Quem somos

Este será o maior diretorio de artigos DOFOLLOW do Brasil e Portugal.

Os objectivos são simples: ajudar qualquer pessoa ou entidade a divulgar o seu negócio através da partilha de conhecimento, ferramentas, serviços e soluções. Colocando em prática uma Estratégia Digital eficiente, capaz de captar audiências.

Assim sendo, queremos não só publicar os seus conteúdos, mas sobretudo continuar a aprender em conjunto com todos os nossos leitores como colaborar para esta mudança digital, estimulando o estudo e aprendizagem das técnicas e recursos da Internet.